quinta-feira, março 15, 2007

"I Don't Think Two People Could Have Been Happier Than We Have Been..."

To my friend Clarissa...
com a excepcional música de Philip Glass

11 comentários:

Klatuu o embuçado disse...

Boa escolha! ;)
Abraço.

Mr_Lynch disse...

Klatuu o Embuçado;
Este é um dos filmes que se encontra no topo dos meus favoritos. A música e as imagens completam-se de forma quase mágica.
Abraço

claudia disse...

Eu também gosto. Esta passagem é marcante. Excelente representação de Meryl Streep.

Vladimir disse...

Para si o que é o destino?

Mr_Lynch disse...

Claudia;
À excepção dos filmes do Sr. Lynch (que eu não consigo acreditar que não gostes) possuímos critérios cinematográficos muito semelhantes.
*

Vladimir;
Confesso que nunca pensei muito nisso... "o destino somos nós que o fazemos..."
?
Não sei se acredito no destino. Penso na vida como um barco. Deixo que a corrente me leve embora eu vá corrigindo ligeiramente a direcção para não embater em nenhuma pedra no seu caminho.
Abraço

SGC disse...

Mr Lynch,
Não é todos os dias que recebemos um presente assim! Que dizer da passagem escolhida..bom,comovo-me com o tom desesperado de Clarissa para demover o Richard do seu propósito e a delcaração final de amor de Richard!:-)*

Frioleiras disse...

you ...
an happy Guy !!!!!!!!!!!!!!!!!1

Mr_Lynch disse...

SGC (Clarissa);
Ainda bem que gostaste. Na minha mente estás irremediavelmente associada a "As Horas"...
*


Frioleiras;
Trabalho nessa direcção embora nem seja sempre bem sucedido... Faz-se o que se pode!
:-)

Klatuu o embuçado disse...

Espero que tenhas percebido que o meu primeiro comment não é meu (tem um link em baixo), é deste monte de merda: http://suckandsmile.blogspot.com/2007/03/gratuito-violento-ofensivo.html

corpo visível disse...

.
uma das cenas que mais me impressionou neste filme foi aquela na qual a laura brown (j. moore) fica submersa numa vida que não é a dela.
.
brutal.
.

Mr_Lynch disse...

Corpo Visível;
Trata-se de facto de (mais) uma cena memorável.
:-)