segunda-feira, março 12, 2007

Os Primórdios do Surrealismo

Antes de surgir o «Manifesto do Surrealismo», redigido por André Breton em 1924, através do qual escritores e poetas iniciaram um dos mais apaixonantes movimentos da arte contemporânea, um "estranho" pintor, de nome Giorgio de Chirico (1888-1978), já explorava o mundo enigmático dos sonhos em pleno período do Dadaísmo. Estas "musas inquietantes" é uma prova irrefutável do génio vanguardista deste artista.

Imagem: "Musas Inquietantes" (1916)

9 comentários:

Zé Mike disse...

=)

Mr_Lynch disse...

Zé mike;
:-)

bettips disse...

Boa e breve, culturalmente perfeita e apta a ser "engolida", esta tua pequena lembrança! Obg
PS.: não Verão, é preciso procurá-los, os sóis, apanhá-los de surpresa. Acho que era Outubro, já...Abç

claudia disse...

Surrealismo, gosto de Dali e de Magritte.

Movimento em Defesa do Rio Tinto disse...

Limpámos um bocadinho de um rio, para darmos o exemplo.
Temos lá a reportagem.

Klatuu o embuçado disse...

Bela escolha! ;)

Abraço.

Mr_Lynch disse...

Bettips;
Mas em Março a saudade aumenta... Em Outubro os dias de Verão ainda se encontram frescos na nossa mente.
Abraço

Claudia;
Recordo-me que já dedicaste um post ao René Magritte, pintor que também aprecio bastante. Dalí? Um génio, um Mestre!!! Adoro.
*

Movimento em defesa do Rio Tinto;
Parabéns pelo vosso trabalho e pelos objectivos atingidos. Raramente se encontra pessoas com a vossa iniciativa.
Abraço

Klatuu o Embuçado;
Obrigado. :-)
Abraço

Isabel disse...

Não conhecia Chirico e gostei.
Gosto do surrealismo como movimento e da filosofia que está por detrás dele.

Estas musas inquietantes são verdadeiramente inquietantes... de génio.

Como dizia Breton " não será o medo da loucura que vai fazer colocar a meia-haste a bandeira da imaginação."

Até breve Lynch

Isabel

Mr_Lynch disse...

Isabel;
Também aprecio bastante a filosofia do surrealismo. Não conhecia essa citação do André Breton; ele que se trata do Pai do Surrealismo!
*