terça-feira, dezembro 12, 2006

Happy Birthday, Edvard Much!

Por ocasião do 143º aniversário do nascimento de Edvard Munch (hoje dia 12 de Dezembro), aqui fica a explicação do artista sobre a sua obra máxima; "O Grito" ("Skrik", no original):

"Caminhava eu com dois amigos pela estrada, então o sol pôs-se; de repente, o céu tornou-se vermelho como o sangue. Parei, apoiei-me no muro, inexplicavelmente cansado. Línguas de fogo e sangue estendiam-se sobre o fiorde preto-azulado. Os meus amigos continuaram a andar, enquanto eu ficava para trás tremendo de medo e senti o grito enorme, infinito, da natureza."

12 comentários:

claudia disse...

Gosto muito de Munch. Nem sei por que milagre conseguiram recuperar os quadros roubados...

Mr_Lynch disse...

Claudia;
Tens toda a razão! E logo "O Grito" que já foi roubado duas vezes! Não sei é se a segunda cópia que foi roubada em 2004 já foi recuperada...
* (bj)

Klatuu o embuçado disse...

Boa lembrança!

P. S. Muito me agradou saber-te monárquico.
VIVA EL REY!
VIVA A MONARQUIA!!
VIVA PORTUGAL!!!

Mr_Lynch disse...

Klatuu o embuçado;
VIVA!
Le roi n'est pas mort, vive le roi!
:-)

Abraço

claudia disse...

Sou republicana. Tem cuidado comigo, Mr. Lynch, trago um Guerra Junqueiro na alma (para não dizer na manga). Ando metida no meio dos monárquicos, mas sou pelo sufrágio universal, pela voz do povo, a voz da verdade!

Paulo Sempre disse...

É um grito demasiado caro...mas dos silêncios também se fazem gritos e medos que não têm preço...
Abraço
Paulo

corpo visível disse...

.
incrivelmente expressivo, este quadro.
.

Mr_Lynch disse...

Claudia;
Sou um monárquico moderado e muito liberal mas... sou monárquico!
;-) * (bj)

Paulo sempre;
Concordo plenamente com a segunda parte do teu comentário. Para mim "O Grito" não tem preço apesar de nunca o ter observado ao vivo.
Abraço

Corpo Visível;
Esta foi uma das obras que mais gostei de estudar. Existem um sem-número de pequenos detalhes que que nos fazem "ouvir" este agonizado grito.
* (bj)

ceridween disse...

"Nada nesta paisagem conduz ao senso de horror revelado por Munch...."
"O Grito" é um quadro magnífico que retrata a vida pessoal do próprio Munch como também todos os seus sentimentos...

Mr_Lynch disse...

Ceridween;
Estou de acordo contigo; nesta pintura está retratada a vida pessoal do Munch.
Muito embora a paisagem esteja em segundo plano, ela possui uma grande importância nesta obra. É nela que se encontra a propagação do grito.

Te disse...

Curioso, tb fiz um post com este quadro inspirada numa aula d filosofia para crianças a 6 Dez.
Parabéns pl Blog

Mr_Lynch disse...

Te;
Esta foi uma das obras que mais gostei de estudar. Crianças a estudar Munch... privilégio!