sexta-feira, outubro 17, 2008

Argumento Adaptado: A Pianista

O LIVRO:
"Amará o seu domador o antigo animal selvagem, hoje animal de circo? Pode ser que sim, mas não é obrigatório. Dependem ambos um do outro, de forma desesperada. Um precisa do outro para se inchar como um sapo-rei, ajudado pelas habilidades daquele à luz dos holofotes, e para o Barrabás da música, o outro precisa deste para possuir um ponto de referência no meio do caos generalizado que lhe ofusca o olhar. O animal tem de saber o que fica por cima e o que fica por baixo, senão de repente aparece a fazer o pino. Sem um treinador, o animal estaria condenado a precipitar-se desamparado em queda livre, ou a vagar à deriva no espaço e estraçalhar com dentes, garras e goelas, sem critério, tudo que se lhe cruza no caminho. Porém, assim, há sempre alguma pessoa que lhe diz o que vale a pena fruir. E o seu amo, o domador, faz estalar o chicote! Ora louva, ora castiga, é conforme. É conforme o merecimento do animal."



O FILME:

video

(Atalanta Filmes)


O livro: "A Pianista" de Elfriede Jelinek
O filme: "A Pianista" de Michael Haneke

10 comentários:

instantes e momentos disse...

Parabens pelo teu blog. É sempre muito bom voltar aqui.
Tenha um ótimo domingo.
Maurizio

Mr. Lynch disse...

Maurizio;
Obrigado.
Como domingo está a chegar ao fim, desejo-lhe uma excelente semana.
:)

Wolf_Angel disse...

filmes franceses são sempre muito intensos, e baseado numa obra da literatura então...tem tudo pra ser bom,
uma semana iluminada =)

cláudia i. vetter disse...

um novo lembrete!

;D

WOLKENGEDANKEN disse...

O filme tambem é bom, mas nao se compara com o livro ! Agora claro, depois de ler algo de Elfriede Jelinek presisa-se pelo menos duma semana de recuperacao da depressao :))

Melhor tarde do que nunca: obrigada pelo premio !! Fico contente que há pessoas que gostam de me ler com todos os erros e imperfeiciones da lingua ...

E sobre tudo obrigadissima pela poesia !! Nao conhecia e já mandei a muitas pessoas para apreciarem. E verdadeiramente original e da muito para reflectir ...

mdsol disse...

:)))

Mr. Lynch disse...

Wolf_Angel;
Para mim... o cinema francês é o melhor do mundo. Verdadeiras obras de arte.
Boa semana!




Cláudia I. Vetter;
Um filme a (re)ver! Sempre!
:)




Wolkengedanken;
Sim, os livros são sempre melhores que os filmes, mas o cinema de Haneke é inesquecível... Assim como a sempre maravilhosa Isabelle Huppert!




Mdsol;
:)

Lord of Erewhon disse...

Aqui li o livro e não vi o filme, mas estou sempre a tempo... ;)

Abraço!

corpo visível disse...

.
gosto imenso deste filme. mesmo. e da fabulosa isabelle huppert.
.
nunca li o livro mas gostava, ainda que tenha o receio de que este me tire/diminua o impacto que o filme sempre causou em mim.
.

Mr. Lynch disse...

Lord of Erewhon;
Exacto! E não vais ficar decepcionado...




Corpo Visível;
É diferente... O livro faz-nos ter uma visão diferente da Erika... Sim, talvez diminua o impacto brutal que o filme transmite. Mas vale a pena! Trata-se de uma obra excepcional.