segunda-feira, setembro 04, 2006

"O Grito" e a "Madonna" Foram Recuperados

Há dois anos (dia 22 de Agosto de 2004) o Mundo soube que dois quadros do pintor expressionista norueguês Edvard Munch foram roubados do Museu Munch em Oslo; Noruega. Um turista que se encaminhava para o museu tornou-se testemunha ocular do sucedido e tirou mesmo algumas fotografias. Segundo as testemunhas, os dois ladrões entraram no museu em pleno dia, retiraram os quadros e, como grandes profissionais, abandonaram o edifício com as obras. Porém, a "Madonna" sofreu uma queda antes de chegar ao carro que abandonou o local a grande velocidade logo que as duas obras foram acomodadas.
Há 1 ano temeu-se o pior... Alguns suspeitos do roubo foram detidos e alguns confessaram mesmo que as duas obras tinham sido destruídas; queimadas para ser mais exacto.
Na quinta-feira passada, dia 31 de Agosto, o Mundo suspirou de alívio: os dois quadros foram encontrados pela polícia. Após a recuperação, a autenticidade das obras foi comprovada por testes feitos por especialistas do museu. Os mesmos especialistas reconheceram que as duas telas estão em excelente estado e que os danos são menores do que temiam. Em breve estas duas obras já poderão ser (novamente) admiradas por todos nós.
IMAGENS: O roubo das obras (em cima); "Madonna" (à esquerda) e "O Grito" (à direita)

4 comentários:

SGC disse...

novo aspecto do blog...agrada-me!
Estive sem pc durante 1 semana :-(
*

Mr_Lynch disse...

Cara amiga;
Eu encontrava-me "overblack". Infelizmente também ando um pouco "fugido" da net. Work, work, work! :-/
*

claudia disse...

SGC: Eheh. Uma semana sem pc, SGC. Faz-te bem. Tens que desmamar de vez em quando.
Mr Lynch: Obrigada pela referência aos quadros e ao pintor. O grito é fabuloso.

Mr_Lynch disse...

Claudia;
O Munch é para mim uma referência. Quando estudamos "O Grito" quase o conseguimos ouvir. Uma grande obra de arte.
*