segunda-feira, março 27, 2006

O Beijo de Klimt a Emilie

Não me considero escravo do trabalho, mas nos momentos livres, gosto de pesquisar informações sobre alguns dos pintores que admiro. Confesso: aprecio Klimt mas não o suficiente para perder muito tempo a estudar as suas obras. Porém, ao encontrar certos detalhes da sua vida e obra, o meu interesse pelo seu trabalho aumentou consideravelmente. Um dos seus trabalhos mais famosos, "O Beijo" (datado de 1908), também possui uma história. Após vários trabalhos de mulheres dominadoras (que, ao que tudo indica, enfureceu o puritano público vienense, Klimt criou aqui uma mulher submissa que se oferece ao homem. Os modelos? O próprio Klimt segurando e a sua amante Emilie nos seus braços...

4 comentários:

SGC disse...

O Klimt tinha barba e era careca...
(eu venero Klimt...)
*

Mr_Lynch disse...

Sim SGC, de facto.
A única semelhança que encontro entre "este" Klimt e "o" Klimt é a túnica que ele usava! ;-)
**

claudia disse...

Trés joli.

Mr_Lynch disse...

O estudo que fiz a Klimt já começou a dar os seus frutos. Um grande vanguardista. Infelizmente algumas das suas obras foram destruídas pelo fogo, tal como as pinturas do Lautrec no Moulin Rouge...