sexta-feira, novembro 25, 2005

Carta de Mrs. Woolf para Mr. Woolf

"Meu muito querido:
Tenho a certeza de que estou novamente a enlouquecer: sinto que não posso suportar outros desses terríveis períodos. E desta vez não me restabelecerei. Começo a ouvir vozes e não me consigo concentrar. Por isso vou fazer o que me parece ser o melhor. Deste-me a maior felicidade possível. Foste em todos os sentidos tudo o que qualquer pessoa podia ser. Não creio que duas pessoas pudessem ter sido mais felizes até surgir esta terrível doença. Não posso mais lutar contra ela, sei que estou a destruir a tua vida, que sem mim poderias trabalhar. E trabalharás, eu sei. Como vês, nem isto consigo escrever como deve ser. Não consigo ler. O que quero dizer é que te devo toda a felicidade da minha vida. Foste inteiramente paciente comigo e incrivelmente bom. Quero dizer isto - toda a gente o sabe. Se alguém me pudesse ter salvo, esse alguém terias sido tu. Perdi tudo menos a certeza da tua bondade. Não posso continuar a estragar a tua vida. Não creio que duas pessoas pudessem ter sido mais felizes do que nós fomos.
Virginia"

Esta foi a carta que, segundo a autobiografia de Leonard Woolf, Virginia Woolf lhe deixou antes do seu suicídio.

3 comentários:

SGC disse...

este é um presente que medeixou speechless!
sim,foi a última carta que deixou...
Mto obrigada, Mr Lynch!
*

Mr_Lynch disse...

SGC, sabendo como és fã de Virginia Woolf... Seria muito indelicado não te oferecer este petit cadeaux...
Bjocas **

Anónimo disse...

Very cool design! Useful information. Go on! adult nude web cam Banda deathblack eczema Firewall appliance bextra lawsuit lawyers.html door hinge lamborghini zyrtec idalia colorado